O Hospital Municipal de Shizuoka confirmou que uma enfermeira de 40 anos testou positivo para o coronavírus. Além dela, o marido e duas filhas, que estão no ginásio (chugakkou) e ensino médio (koukou), também foram diagnosticados com a doença, segundo regortagem da NHK nesta terça-feira (31). Agora são oito pessoas infectadas na província de Shizuoka.

De acordo com a direção do hospital, a enfermeira teve febre de 38 graus durante o trabalho, no dia 23 deste mês. No entanto, ele teve melhora na febre durante a noite e voltou ao trabalho do dia 24 a 28. No dia 29 ela apresentou febre novamente e no dia 30 foi realizado um teste de vírus para confirmar a infecção.

Segundo reportagem da emissora NHK, a província encaminhou 49 pacientes e 30 funcionários do hospital, que tiveram contato próximo com ela, para exames.

De acordo com a cidade, a rota de infecção dos enfermeiros não foi identificada, mas a cidade afirmou que é improvável que os enfermeiros tenham adquirido infecções hospitalares por não estarem envolvidos no tratamento de pacientes infectados até o momento.

Em uma coletiva de imprensa, Tomoya Onodera, diretora do Hospital de Shizuoka, declarou: “Se os funcionários tivessem febre, eles eram instruídos a trabalhar 24 horas por dia após confirmar que não havia anormalidades, mas não foram capazes de responder. Peço desculpas”.

Fonte | NHK