O governo japonês definiu e divulgou as regras para o envio da ajuda de ¥300 mil, destinadas às famílias que perderam renda devido aos impactos da disseminação do novo coronavírus.

O montante de 300.000 ienes por família será pago dentro do nível (especificado abaixo) de parda de renda entre os meses de fevereiro e junho. Segundo o Ministério de Assuntos Internos e Comunicações, os termos dos benefícios são baseados no nível de renda em que o imposto sobre os habitantes é isento, mas devido a diferenças entre os municípios, os benefícios serão uniformes em todo o país para pagamento imediato.

A ajuda não será solicitada nas prefeituras para evitar aglomerações. Será possível pedir o dinheiro através do correio e preenchimento de formulário online. No formulário, será necessário detalhar a perda de renda para passar pela avaliação. Como regra geral, os benefícios devem ser transferidos para uma conta em nome da pessoa.

O governo não informou ou disponibilizou qualquer formulário até o momento. As informações são obtidas através de uma central de atendimento 03-5638-5855, que funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30.

CRITÉRIOS PARA RECEBER:

– Domicílios de uma só pessoa: se a renda mensal caiu para menos de ¥100 mil ou se caiu mais de 50%, ficando abaixo de ¥200 mil.

– Domicílios de duas pessoas: se a renda mensal caiu para menos de ¥150 mil, ou se caiu mais de 50%, ficando abaixo de ¥300 mil.

– Domicílios com três pessoas: se a renda mensal caiu para menos de ¥200 mil, ou se caiu mais de 50%, ficando abaixo de ¥400 mil.

– Domicílios com quatro pessoas: se a renda mensal caiu para menos de ¥250 mil, ou se caiu mais de 50%, ficando abaixo de ¥500 mil.

Fonte | NHK