Uma cidade turística popular no Japão pediu aos turistas na quinta-feira (16) que se abstivessem de visitá-lo por enquanto, devido a preocupações crescentes dos moradores quanto à possível disseminação do coronavírus.

Kamakura, na prefeitura de Kanagawa, a sudoeste de Tóquio, continua recebendo turistas, apesar do estado de emergência declarado pelo governo japonês em 7 de abril para áreas como Kanagawa.

Ao instar os turistas a não visitá-lo, o prefeito Takashi Matsuo disse em uma entrevista coletiva: “Como ponto turístico, parte meu coração dizer isso, mas é importante evitar a propagação do vírus”.

tsurugaoka hachimangu - Cidade do Japão pede que turistas fiquem longe durante pandemia
Santuário Tsurugaoka Hachimangu

Na entrada de um restaurante na área, uma placa foi colocada recusando a entrada para turistas. O proprietário contou como um casal entrou em sua loja sem máscaras cerca de uma semana atrás. Os turistas se recusaram a colocá-los apesar do pedido do proprietário, dizendo que ouviram que a pandemia estava quase no fim.

Muitos dos clientes regulares da loja são residentes idosos, e o proprietário não quer que eles interajam com os turistas e possivelmente espalhem o vírus. “Eu apoio a iniciativa da cidade”, disse ele, acrescentando que a pandemia “terminaria mais rapidamente se todos compartilharem um sentimento de crise”.

De acordo com a cidade, o número de pessoas que visitam pontos populares como a rua comercial Komachi-dori e o santuário Tsurugaoka Hachimangu caiu. No entanto, veículos de outras prefeituras continuaram a viajar para a área, causando congestionamento no tráfego.

Fonte | Kyodo
Foto | Shannon O’Donnell