O governo de Shizuoka divulgou essa semana um balanço da situação atual das contaminações por coronavírus na província, e um raio-x das unidades de saúde que, em alguns locais, poderá ultrapassar o limite de leitos disponíveis.

Os dados fornecidos são de janeiro até o dia 16 de março, quando ao todo existiam 49 casos confirmados (hoje são 52 casos).

Segundo as informações do governo, das 49 pessoas contaminadas até a última quinta-feira (16), somente oito tinham recebido alta hospitalar. Trinta e nove continuam internadas em instituições pré-determinadas e hospitais comuns, e duas realizam quarentena em suas residências.

Dos 46 leitos pré-determinados pelo governo para internação de contaminados por Covid-19, 30 estão ocupados no momento, divididos entre nove instituições.

Já o número de leitos em hospitais privados são 41 – sendo nove pessoas com coronavírus internadas em seis unidades. Outras 27 pessoas que chegaram do exterior ou tiveram contatos com pacientes contaminados seguem internadas.

CONSULTAS E EXAMES PCR

teste - Mais de 40 seguem internados com coronavírus em Shizuoka, segundo dados do governo

O relatório mostra ainda que de 22 de janeiro a 16 de abril foram realizados 1.937 testes PCR em toda a província. Em Shizuoka foram feitos 528 testes, Hamamatsu 457 e 952 em demais províncias. Nos primeiros dezesseis dias de abril foram realizados uma média de 71 testes diários, aponta os dados.

O departamento de Saúde da província afirma que o sistema tem capacidade para realizar cerca de 390 testes por dia em toda Shizuoka.

Outro dado que mostra o crescimento na procura por consultas, revela que em abril foram feitas em toda a província uma média de 780 atendimentos diários nos centros de atendimento para pessoas com suspeita de coronavírus. De 10 de fevereiro a 15 de abril a província contabilizou 23.870 consultas.