A província de Shizuoka confirmou nesta quarta-feira (22) mais quatro novas infecções por coronavírus, nas cidades de Omaezaki, Fujinomiya (2) e Shimoda. Com isso, o número de pessoas infectadas em toda a província subiu para 57, divididas em 17 cidades.

Em Omaezaki, a infecção foi confirmada em uma mulher de 60 anos, que desde o dia 10 de abril vinha apresentando mal-estar e febre. Na segunda-feira a paciente fez o teste de PCR em um centro de saúde da cidade e no dia seguinte o resultado deu positivo para Covid-19.

Segundo relatório divulgado pela Prefeitura de Omaezaki, a mulher não tem histórico de viagens ou saída da província. Em sua rotina, apenas uma pessoa da família teve contato mais próximo e já está em observação. A paciente já havia tido melhora dos sintomas, mas está internada em um centro próprio para doenças infecciosas.

Assim como o caso em Omaezaki, um paciente de Shimoda também tem uma rota de infecção desconhecida, por não ter saído da cidade. Um jovem trabalhador de escritório, entre 20 e 30 anos, sentiu os primeiros sintomas na noite do dia 11.

O paciente percorreu alguns pontos da cidade à trabalho e somente ficou em reclusão após o teste dar positivo, nesta terça-feira. Ele passa bem. A Prefeitura não deu mais detalhes sobre os locais em que ele teria frequentado e se há parentes próximos sendo testados com o exame PCR.

LISTA DE CASOS POR CIDADE EM SHIZUOKA (até 22/4)

  • Shizuoka – 15 pessoas
  • Hamamatsu – 7 pessoas
  • Numazo – 1 pessoa
  • Atami – 1 pessoa
  • Fujinomiya – 9 pessoas
  • Fuji – 7 pessoas
  • Kakegawa – 1 pessoa
  • Fukuroi – 1 pessoa
  • Shimoda – 1 pessoa
  • Omaezaki – 1 pessoa
  • Kikugawa – 1 pessoa
  • Minamiizu – 4 pessoas
  • Matsuzaki – 1 pessoa
  • Nishiizu – 2 pessoas
  • Shimizu – 1 pessoa
  • Nagaizumi – 3 pessoas
  • Haibara – 1 pessoa

LEIA MAIS
O governo de Shizuoka divulgou essa semana um balanço da situação atual das contaminações por coronavírus na província, e um raio-x das unidades de saúde que, em alguns locais, poderá ultrapassar o limite de leitos disponíveis. CLIQUE AQUI