Durante os próximos 12 dias, a partir deste sábado (25), restaurantes, karaokês, pachinkos, academias, hotéis e outros estabelecimento que concentrem alto número de pessoas deverão estar de portas fechadas em diversos municípios da província de Shizuoka e também em todo o Japão.

A medida solicitada pelas prefeituras é em atendimento ao estado de emergência nacional, através da Lei de Medidas Especiais de Combate ao Coronavírus, e deverá se estender até o próximo dia 6 de maio, último dia do feriado do Golden Week.

Na região de cobertura do canal Japan On, as cidades de Kikugawa, Kakegawa, Iwata, Omaezaki e Fukuroi solicitaram que os estabelecimentos citados acima, estejam fechados para evitar a propagação da doença – em ascensão no país.

Essas cidades informaram que irão pagar até 300 mil ienes aos comerciantes afetados pelo fechamento, e os detalhes estão no site de cada município.

A cidade de Fukuroi e Iwata solicitaram o fechamento de restaurantes, centros de diversão e espaços esportivos dos dias 25 a 6 de maio. Além de 300.000 ienes de ajuda, Fukuroi informou que adicionará uma diferença de 100.000 ienes de ajuda às empresas.

As cidades de Kakegawa e Kikugawa também solicitaram o fechamento de restaurantes, hotéis, salões de pachinkos até o dia 6 de maio. Em Kikugawa o governo municipal informou que o pagamento da cooperação de 300 mil ienes é destinado a pequenas e médias empresas e proprietários únicos.

img 6215 - Locais de aglomeração devem ficar fechados até dia 6 de maio em diversas cidades de Shizuoka
Prefeito de Kakegawa, Saburo Matsui, pede reclusão durante o feriado em vídeo divulgado essa semana

Em Omaezaki, foi solicitado o fechamento de 177 restaurantes e instalações de hospedagem de 25 a 6 de maio. De acordo com a política da prefeitura, pague a taxa de cooperação pela licença. A restrição não abrange serviços de delivery de alimentos, supermercados, farmácias e lojas de conveniência.

Mensagem do governador de Shizuoka,
Heita Kawakatsu, enviada nesta quinta-feira (23)

Gostaria de agradecer aos cidadãos, trabalhadores, os profissionais da saúde que estão se sacrificando, trabalhando com todas as suas forças para manter o sistema de saúde, também agradeço a todos que estão cooperando com a prevenção à contaminação evitando lugares com as três características (fechados, pequenos, sem ventilação) que aumentam a chance de contaminação e evitando sair sem necessidade.

O número de pessoas infectadas dentro da província está tendendo a subir, tivemos a confirmação que agora temos 57 pessoas. Assim como receávamos, confirmamos que algumas dessas pessoas têm uma rota de contágio desconhecida.

Para reforçar as medidas de prevenção à contaminação, o primeiro ministro e os governadores das províncias em alerta especial estão pedindo fortemente que “que evitem as viagens e retornos às casas de suas famílias em outras províncias sem necessidade, em suma tentem ao máximo evitar a movimentação e locomoção entre as províncias”.

Considerando a situação, precisamos nos proteger do risco da propagação da contaminação proveniente dos visitantes de outras províncias evitando essa locomoção durante o feriado prolongado que se aproxima. A partir disso, pedimos fortemente a todos os estabelecimentos de todas as províncias como cinemas, teatros, clubes esportivos, boliches, pachinkos, game centers, cabarés, baladas, casas noturnas, net cafés, karaokês, centros culturais e de exposição, comércio de vendas, escolas de reforço e outros.

Sei que isso irá atrapalhar o Golden Week de todos, porém peço o grande esforço e cooperação para que evitem saídas desnecessárias, salvo para manter a casa e o seu cotidiano. Se for encontrar algum conhecido, por favor, tenham em mente que mesmo se a pessoa não estiver demonstrando sintomas ela pode estar infectada.

Lembrem-se também de evitarem espaços que tenham as três características (fechado, pequeno, sem ventilação) isso é muito importante. Peço para que todos tentem ao máximo se protegerem para não serem infectados, lavando bem as mãos, usar máscaras para evitar a contaminação, evitar aglomeração de muitas pessoas ao sair e manter-se a dois metros de distância das pessoas.

Aos pais e responsáveis externo meus profundos sentimentos, tendo em vista a prorrogação do recesso escolar, sei o quanto é difícil. Fizemos isso pensando na segurança e saúde de vossas crianças, colocando-as em primeiro lugar, e ainda para evitar que as crianças transmitam a doença para as suas famílias e consecutivamente para o resto da sociedade, portanto peço humildemente a compreensão e cooperação de todos. Ainda peço para todas as empresas que empregam os pais e responsáveis da região que considerem este período tão difícil para eles.

Por fim peço a todos os cidadãos, trabalhadores e empresas a paciência e perseverança para vencermos esse período.