A cidade de Omaezaki confirmou nesta segunda-feira (27) o segundo caso de paciente infectado por coronavírus. Trata-se de um jovem de 20 anos que trabalha na mesma empresa de autopeças que os outros colegas também infectados, de 30 e 40 anos, residentes da cidade de Kakegawa.

De acordo com o boletim médico, o paciente de Omaezaki apresentou febre a partir do dia 19. Ele teria percorrido trechos de carro com um dos funcionários da empresa, também testado positivo, morador de Kakegawa.

O jovem de 20 anos foi trabalhar no dia 21 e teve novamente teve contato próximo com outro funcionário, de 30 anos, atestado com a doença neste sábado. A prefeitura também identificou outros colegas que tiveram contato em potencial com o rapaz de Omaezaki, mas oito testes de PCR deram negativos.

Em conexão com isso, o fabricante de autopeças Eiken Kogyo, em Omaezaki. O prédio em que os funcionários do sexo masculino trabalhavam foi desinfetado e a empresa ficará fechada de 27 de abril a 10 de maio, com exceção de alguns setores.

Familiares do paciente de Omaezaki estão sob quarentena. Os casos na província de Shizuoka chegam a 64.

Fonte | NHK