A Suzuki Motors anunciou nesta quarta-feira (29) que as vendas mundiais caíram 36% em março, em comparação com o mesmo mês do ano passado. A empresa atribui a queda aos impactos da disseminação do novo coronavírus.

Segundo dados da Suzuki, o desempenho das vendas mundiais em março foi de 198.000 unidades, uma queda de 36,3% em relação ao mesmo mês do ano passado.

O número de veículos vendidos caiu abaixo do ano anterior pelo terceiro mês consecutivo, e segundo a Suzuki, o principal motivo é a paralisação da planta na Índia, que é um importante mercado externo, onde o número veículos caiu quase 50%.

Além disso, o número total de veículos produzidos em todo o mundo diminuiu 22,8% no mês de março, em relação ao mesmo período em 2019, para cerca de 213.000 veículos, devido à suspensão temporária da produção nas principais fábricas fora do Japão, como Índia e Paquistão.

As montadoras foram fechadas em todo o mundo em abril, e pelas perspectivas da empresa é provável que o impacto nas vendas e na produção continue, até que haja segurança comercial com a diminuição dos números do Covid-19.

Leia também: Suzuki estende suspensão da produção nas fábricas de Iwata e Mahinohara

Fonte | NHK