O recado foi dado pelo governo da província de Shizuoka essa semana, na tentativa de evitar que moradores de outras regiões – principalmente daquelas onde há mais casos de coronavírus – atravessem a fronteira durante o feriado prologado de Golden Week.

Em campanha lançada nesta quarta-feira (29), o governo quer desestimular as visitas. As estradas e os pontos de paradas próximas às fronteiras da província com demais cidades ganharam placas, algumas com os dizeres: “Não venha para Shizuoka”. A medida é para evitar a aglomeração de turistas circulando nas principais cidades turísticas.

img 6265 - "Não venha para Shizuoka agora”, apelam cidades da província
Foto | Shizuoka Shimbun


Na Rota 135, na cidade de Atami, que fica perto da fronteira com a Prefeitura de Kanagawa, cerca de 20 pessoas, incluindo o prefeito Sakae Saito e autoridades de demais cidades e associações de turismo exibiram placas de apelo aos visitantes.

Na região de Kita, na cidade de Hamamatsu, que faz fronteira com a província de Aichi, estacionamentos tradicionais de paradas de viajantes foram fechados para impedir aglomeração de pessoas.

A província de Shizuoka tem 71 casos de coronavírus confirmado até está quinta-feira (30).

“Agora, o Japão está no meio da luta contra o novo coronavírus”

Em vídeo, governadores das províncias de Shizuoka, Niigta, Nagano e Yamanashi disseram que farão o possível para “superar essa batalha” da pandemia, e que vão se esforçar para reduzir em 80% o contato entre as pessoas ao longo desse feriado.