A Guarda Costeira prendeu seis pessoas na madrugada desta segunda-feira (4), por suspeita de pesca irregular de lagosta nas imediações da marina de Omaezaki. A polícia informou que é a primeira vez que detém essa quantidade de pessoas de uma vez, após violação da lei de pesca.

Segundo divulgou o jornal Shizuoka Shimbun, os infratores têm idade entre 40 e 50 anos e que três deles são residentes de Kakegawa. De acordo com a polícia, os pescadores jogaram a rede de pesca por volta das 23h. Eles foram flagrados por volta das 2h.

Foram apreendidos pouco mais de cinco quilos do crustáceo, em torno de 20 unidades. Para a polícia, os infratores alegaram que a pesca seria para consumo próprio. Segundo depoimentos, os pescadores não se conheciam, mas teriam se “ajudado” para a captura no mar.

As autoridades relatam que o número de pescadores ilegais capturados no litoral de Omaezaki diminuiu nos últimos anos, mas tende a aumentar durante os feriados nacionais.

A patrulha intensificou a fiscalização durante o Golden Week.