Dos 73 casos de coronavírus registrados até o momento na província de Shizuoka, 33 pacientes continuam internados em unidades de saúde específicas para o atendimento da nova doença. 

A província não registra novos casos há uma semana, no entanto o governador Heita Kawakatsu, em pronunciamento nesta quinta-feira, solicitou aos “estabelecimentos de entretenimento”, “centros de diversão” e “centros esportivos”, que sigam fechados recesso até o dia 17 de maio.

Segundo ele a medida é para evitar o risco da entrada de pessoas que venham de outras províncias. “Em meados de maio iremos reavaliar a situação nos baseando no número de infectados em nossa província e nas províncias vizinhas, para que assim possamos reformular essas medidas”, disse Kawakatsu.

Ele pediu aos cidadãos que continuem com esforços para evitar a contaminação na medida do possível, como lavar as mãos corretamente, manter a distância social de segurança e fazer trabalho em casa.