A Agência de Serviços de Imigração do Japão disse na terça-feira que dará aos estrangeiros com períodos de permanência expirando em julho uma prorrogação de três meses para renovar, em uma tentativa de aliviar o congestionamento nos contadores de imigração em meio ao surto de coronavírus.

A agência havia concedido anteriormente um período de carência de três meses para estrangeiros cujo status de residência ou período de permanência expirou entre março e junho, incluindo estadias de curto prazo, como turistas.

As medidas foram introduzidas depois que os contadores de imigração em todo o país estavam lotados de estrangeiros, incluindo estagiários de curto prazo, solicitando prorrogações para sua estadia no Japão, com alguns deles incapazes de voltar para casa devido a controles fronteiriços mais rígidos em todo o mundo.

Com o estado de emergência do Japão estendido até o final de maio, as medidas agora são expandidas para incluir aqueles com períodos de permanência expirando em julho.

A agência disse que estrangeiros que não podem voltar para casa não serão tratados como overstayers ilegais por 90 dias após a data de validade de seus vistos.

Fonte | Kyodo