O príncipe herdeiro Fumihito e sua família têm prestado uma ajuda real aos profissionais de saúde do Japão, que estão na linha de frente no tratamento de pacientes com coronavírus.

Os cinco membros da família real e funcionários da agência imperial confeccionaram à mão 300 vestidos de plástico para uso nos hospitais do país.

Em 11 de maio, Fumihito, a princesa Kiko e suas filhas, princesa Mako e princesa Kako, descobriram que a equipe do hospital estava fazendo vestidos com sacos de lixo para lidar com a escassez nos hospitais da fundação.

O casal então se ocupou em fazer vestidos com as filhas, o filho, o príncipe Hisahito e a equipe da agência, depois de aprender como os hospitais faziam o equipamento.

vestidos 1024x633 - Família do príncipe produz 300 camisas médicas para hospitais do Japão

O grupo produziu vestidos a um ritmo de 20 a 30 durante duas horas, segundo informou assessoria de comunicação da Fundação Imperial Saiseikai.

Um total de 300 vestidos foram entregues entre 15 e 22 de maio na sede da fundação e em seus hospitais, como no Hospital Central de Tóquio.

A realeza e a equipe da agência também colocaram cartões nos vestidos cheios de mensagens pessoais para os profissionais de saúde.

“Seu trabalho duro salvou a vida das pessoas”, dizia um deles. “Obrigado por lutar contra o risco de infecção”, agradecia outra mensagem.

A SAISEIKAI

A Fundação Saiseikai foi criada em 1911 pelo imperador Meiji, a fim de ajudar os pobres em suas vidas através de tratamento médico.

Com base nas atividades há mais de 100 anos, a fundação se tornou a maior empresa de assistência social do Japão, com aproximadamente 62 mil funcionários, que realizam atividades médicas, de saúde e assistência social em 40 províncias.

Fonte | Saiseikai Imperial Gift Foundation
Fotos | Imperial Household Agency

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui