Oiê!

O título parece um palavrão? Calma! É só mais uma receita!

Pouco tempo depois de chegar ao Japão em maio de 2018, conheci uma japonesa que dava aulas de culinária na casa dela. Achei o máximo essa oportunidade pois enxerguei nesse momento que isso seria ótimo para aprender algumas receitas do dia a dia dos japoneses! Comidinhas que eles comem em casa, sem frescuras. E eu estava louca para saber! Dicas de ingredientes, nomes, como usar… como preparar… enfim… era tudo o que eu queria naquele momento.

Das várias receitas que aprendi com ela, uma delas é a que eu mais faço! E vou compartilhar com vocês aqui. É tão simples que chega a ser “boba”… (risos). É um cozido simples mas cheio de sabor, de umami!

E esses dias, fazendo novamente percebi que se assemelha à nossa brasileiríssima moqueca… só que ao invés de alho e cebola refogado no óleo (ou azeite de dendê), temos shoyu, dashi e mirim.

Bom… então vamos lá!

Saba kan Daikon ni  (サバ缶大根煮) – Cozido de nabo com cavalinha enlatada

Ingredientes

½ nabo
1 cenoura média
1 cebola
Umeboshi sem sementes (ameixa japonesa em conserva) – 3 un. (ou 4, ou 5… se gostar!)
Cavalinha enlatada (Saba kan) de preferência em água – 1 lata
4 colheres de sopa de shoyu
2 colheres de sopa de hon mirim (sakê culinário)
2 colheres de sopa de shiro dashi

Ingredientes 300x225 - Sabakan Daikon ni (サバ缶大根煮) Na panela 300x225 - Sabakan Daikon ni (サバ缶大根煮)

Modo de fazer

Lave e descasque o nabo. Em seguida, corte em cubos médios. Faça o mesmo com a cenoura mas corte em meia lua (para acompanhar o tamanho dos pedaços de nabo). Corte a cebola em cubos médios ou em pétalas.

Numa panela funda e grossa (de preferência daquelas com fundo triplo) acomode nessa ordem: nabo, cenoura, cebola. A umeboshi sem sementes e partida em pedacinhos um pouco menores. Gente! Não sabia que podia usar umeboshi assim! Como tempero!!! Fora que ela não se desmancha totalmente então dá para pegar e comer! (risos). Fica suave, uma delícia! Na sequência, acrescente a cavalinha enlatada (com a água da conserva e tudo) e os temperos líquidos (shoyu, mirim e shiro dashi). Leve ao fogo médio até iniciar uma fervura e tampe. Diminua imediatamente o fogo para o mais baixo possível e cozinhe até o nabo e a cenoura ficarem macios. De vez em quando, abra e misture delicadamente somente para que todos os pedaços de nabo e cenoura se envolvam no líquido que se forma no fundo da panela.

Decore com cebolinha fatiada finamente e sirva com Gohan quentinho (arroz japonês).

Aemi Maeda no Japão
Após anos atuando em empresas multinacionais na área da Engenharia, decidi me reinventar! Me formei em Gastronomia pela Anhembi Morumbi em 2017 e atualmente moro no Japão. Vim para descobrir esse país e acabei me descobrindo! Entre ingredientes locais, panelas e viagens gastronômicas, compartilho aqui toda a minha experiência! Vamos comer alguma coisa?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui