O iZoo, maior zoológico de répteis e anfíbios do Japão, localizado na cidade de Kawazu, começou a exibir a partir de julho uma tartaruga de origem chinesa, incomum até mesmo para os especialistas no assunto.

Com projeções raras em forma de chifre em ambas as pálpebras, o réptil de 16 centímetros de comprimento pode ser a única da espécie no mundo, de acordo com o diretor do zoológico, Tsuyoshi Shirawa.

A tartaruga foi doada ao zoológico em 1 de julho por um homem que a capturou na cidade de Fuji, na província de Shizuoka, no verão de 2019 e desde então a manteve em casa na mesma cidade.

O homem fez a doação querendo que muitas pessoas vissem a tartaruga e a causa de seus misteriosos chifres a serem investigados.

 

A concha da tartaruga fêmea mede 16 centímetros de comprimento e seu corpo pesa 670 gramas. Uma análise radiográfica do réptil, estimada em cerca de 10 anos, descobriu que seus “chifres” se desenvolveram devido à mutação cutânea na pele.

“Mantemos répteis há muitos anos, mas eu nunca tinha visto ou ouvido falar de uma tartaruga com chifres. Acredito que este seja o único do mundo”, comentou Tsuyoshi Shirawa ao jornal Mainichi.

A instalação analisará ainda mais a estranha criatura do ponto de vista genético e patológico. A tartaruga está sendo mantida junto com um macho na esperança de uma possível criação.

Mais informações sobre o iZoo, clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × um =