Mais de 2 mil funcionários de restaurantes e bares noturno da cidade de Hamamatsu deverão passar por testes de PCR para identificar se estão contaminados pelo novo coronavírus.

A medida foi anunciada nesta sexta-feira (7) pelo prefeito Yasutomo Suzuki.

Após o ‘cluster’ (infecção em grupo) ocorrido nos restaurantes noturnos ‘Brillia’ e ‘Tejiya Hamamatsu Store’, com cerca de 100 pessoas infectadas, o governo municipal decidiu oferecer testes gratuitos aos profissionais.

Aproximadamente 432 restaurantes e bares noturnos receberão formulários de inscrições para cadastrar os funcionários.

De 11 a 21 Hamamatsu realizará os testes nos profissionais. Se o resultado da inspeção confirmar que uma loja tem mais de cinco pessoas positivas, o nome da loja será anunciado, informou o prefeito Suzuki.

OUTRA FRENTE

A cidade deve manter em vigor o “Sistema de certificação de restaurantes seguros e protegidos de Hamamatsu”.

A proposta da cidade visa certificar 3.000 estabelecimentos como seguros contra possíveis infecções por Covid-19.

Para certificação, é necessário o estabelecimento garantir a prevenção de infecção de visitantes, como higienização das mãos na entrada da loja; prevenir os funcionários, com o uso de máscaras e protetores faciais; e garantir ventilação e higienização do local.

Os locais receberão adesivos  que os certificarão como credenciados. Os nomes serão publicados no site da Prefeitura.

Foto | Shoichi Iwashita

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

15 − 13 =