O governo da província de Okinawa, no Japão, e a desenvolvedora de aviões espaciais PD AeroSpace Ltd. firmaram acordo essa semana para a construção de um “porto espacial” no Aeroporto Miyako Shimojishima, na ilha de Shimojishima (Okinawa) para servir de base para voos de passageiros ao espaço.

O CEO da PD AeroSpace (sediada em Nagoia), Shuji Ogawa, disse que o porto seria uma base para negócios espaciais.

“Nosso objetivo é conseguir isso com o slogan ‘Shimojishima, a ilha da qual você pode viajar para o espaço'”, disse Shuji Ogawa, presidente da PD AeroSpace (sediada em Nagoia).

Ogawa disse que a expectativa é realizar uma excursão espacial em 2025.

15 milhões de ienes a passagem

A PD AeroSpace afirma que vai investir vários bilhões de ienes no projeto e pretende crescer em três campos: locação, treinamento e turismo, com o objetivo de realizar um voo de teste de um protótipo de avião espacial não tripulado em 2021.

Visando um público endinheirado na Ásia, principalmente na China, o projeto pretende levar 100 pessoas ao espaço em 2025 e aumentar esse número para 1.000 em 2030.

Durante os voos propostos de 90 minutos, os passageiros experimentariam cinco minutos de falta de peso.

O custo da viagem é estimado em cerca de 15 milhões de ienes (cerca de 141.000 dólares) por pessoa.

Durante a cerimonia, o governo de Okinawa adiantou que o estado manteria as estradas ao redor da área e executaria outras obras de infraestrutura.

portookinawaespacial - Acordo firmado: Ilha no Japão será base para voos comerciais ao espaço a partir de 2025
O CEO da PD AeroSpace, Shuji Ogawa (esq), e o vice-governador de Okinawa, Kiichiro Jahana, firmam o acordo para fazer do Aeroporto de Miyako Shimojishima uma base para viagens espaciais (Foto | Nozumu Takeuchi)

Tanto a operadora aérea ANA Holdings Inc. quanto a grande empresa de viagens HIS Co. estão entre as empresas com participações na PD AeroSpace, que visa transformar voos espaciais em um negócio.

A ‘ilha espacial’

A ilha de Shimojishima está localizada a oeste da ilha de Miyako, na prefeitura de Okinawa, no extremo sul do Japão. A ilha cobre uma área de cerca de 10 quilômetros quadrados.

Ela é conectada por estradas à Ilha Irabu, que por sua vez está ligada à Ilha de Miyakojima por uma ponte. O aeroporto de Shimojishima, administrado pelo governo, tem uma pista de aproximadamente 3.000 metros de comprimento.

porto - Acordo firmado: Ilha no Japão será base para voos comerciais ao espaço a partir de 2025
O Aeroporto de Miyako Shimojishima é retratado antes da inauguração de um novo edifício terminal de passageiros, na ilha de Shimojishima (foto | Taichi Kaizuka)

A estrutura foi construída em 1979 como a única instalação de treinamento de pilotos do país para jatos particulares, mas devido à disseminação de simuladores de voo, a Japan Airlines Co., a All Nippon Airways Co. (ANA) e outras retiraram os testes no aeroporto.

Um novo terminal de passageiros foi inaugurado no aeroporto em 2019 em colaboração com a Mitsubishi Estate Co.

Fonte | Mainichi

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

15 − dez =