A IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo) convocou os governos a iniciarem um planejamento cuidadoso em conjunto com as indústria para garantir total prontidão das vacinas para COVID-19 quando elas forem aprovadas.

Pois o simples fornecimento de uma única dose para 7,8 bilhões de pessoas ocuparia aproximadamente 8.000 aviões de carga.

A carga aérea desempenha um papel fundamental na distribuição de vacinas em tempos normais, por meio de sistemas de distribuição globais bem estabelecidos, sensíveis ao tempo e à temperatura.

Essa capacidade será crucial para o transporte e distribuição rápidos e eficientes das vacinas COVID-19, quando disponíveis, e não acontecerá sem um planejamento cuidadoso, liderado pelos governos e apoiado pelas partes interessadas da indústria.

“A distribuição segura das vacinas COVID-19 será a missão do século para a indústria global de carga aérea. Mas isso não acontecerá sem um planejamento prévio cuidadoso. E a hora para isso é agora”, disse o Diretor Geral e CEO da IATA, Alexandre de Juniac.

vacina covid voluntaria 960x540 1 - 8 mil aviões serão necessários para distribuir doses únicas da vacina de Covid-19 a 7,8 bilhões de pessoas, diz Associação

As vacinas devem ser manuseadas e transportadas de acordo com os requisitos regulamentares internacionais, em temperaturas controladas e sem demora para garantir a qualidade do produto.

Embora ainda haja muitas incógnitas (número de doses, sensibilidades à temperatura, locais de fabricação, etc.), é claro que a escala de atividade será vasta e que a entrega em todos os cantos do planeta será necessária.

“Mesmo se assumirmos que metade das vacinas necessárias podem ser transportadas por terra, a indústria de carga aérea ainda enfrentará seu maior desafio de transporte de todos os tempos ”, disse de Juniac.

As vacinas serão commodities altamente valiosas. Devem ser tomadas providências para garantir que as remessas permaneçam protegidas contra adulteração e roubo.

Os processos estão em vigor para manter as remessas de carga seguras, mas o volume potencial de remessas de vacinas precisará de planejamento antecipado para garantir que sejam escalonáveis.

A IATA alerta ainda que, com a severa redução no tráfego de passageiros, as companhias aéreas reduziram as redes e colocaram muitas aeronaves em armazenamento remoto de longo prazo.

“O mundo inteiro aguarda ansiosamente uma vacina COVID segura. É responsabilidade de todos nós garantir que todos os países tenham acesso seguro, rápido e equitativo às doses iniciais, quando disponíveis. Como agência líder para a aquisição e fornecimento da vacina COVID em nome do COVAX Facility, o UNICEF estará liderando o que poderia ser a maior e mais rápida operação do mundo de todos os tempos ”, disse Henrietta Fore, Diretora Executiva do UNICEF.

Fonte | Asia Travel Tips

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × 2 =