Uma pesquisa realizada pelo Centro Nacional de Saúde do Japão com pacientes que se recuperaram do novo coronavírus, revelou que parte dos entrevistados sofreram com queda de cabelo e falta de ar e olfato mesmo após quatro meses após serem curados.

A pesquisa, segundo a emissora NHK, entrevistou pessoas que foram hospitalizadas com Covid-19 e tiveram alta entre fevereiro e junho.

Foram ouvidas 63 pessoas, com idade média de 48 anos. Os sintomas comuns entre elas era a falta de fôlego, mal-estar e anormalidades olfativas em cerca de 11% dos entrevistados.

Tosse e distúrbio do paladar também apareceram em 11% dos pacientes recuperados.

Nove homens e cinco mulheres tiveram alopecia (queda de cabelo) cerca de dois meses após o início da doença.

Cinco deles foram curados em cerca de dois meses e meio, mas outros nove não foram curados, em parte porque tiveram alopecia por um curto período de tempo no momento da pesquisa.

Alopecia foi relatada mesmo após a recuperação da febre hemorrágica ebola e dengue, mas o Dr. Shinichiro Morioka, que conduziu o estudo, disse: “O estresse psicológico devido ao tratamento prolongado pode ter sido o gatilho. Eu gostaria de continuar investigando e esclarecer os fatores por trás do risco de desenvolver sequelas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 + três =