Um total de 15 novas pessoas foram confirmadas com coronavírus nessa terça-feira (17), incluindo nove na cidade de Hamamatsu e os demais em Shizuoka, Kikugawa e Yaizu.

O número total de infecções confirmadas na província de Shizuoka chegou a 909 nesta terça-feira, de acordo com divulgação do governo.

Na cidade de Hamamatsu, foram confirmadas mais nove pessoas na terça-feira.

Seis deles não tinham histórico de contato com pessoas infectadas, a via de infecção era desconhecida e foram examinados em instituição médica por apresentarem sintomas, portanto não se pode negar que a infecção foi contraída na cidade.

Já na cidade de Shizuoka, quatro pessoas foram anunciadas como infectadas.
Um homem de 20 anos que que estava em uma enfermaria, na cidade de Suruga, apresentou febre de 38,6 graus de febre e após perder o olfato no dia 15, foi submetido ao teste PCR quando se constatou o novo vírus.

Além disso, na cidade de Shizuoka, foram confirmadas infecções entre um homem de 40 anos, um trabalhador de escritório do sexo masculino também de 40 anos no distrito de Aoi, e uma mulher de 20 anos. As autoridades em saúde investigam os contatos próximos.

Kikugawa e Yaizu

De acordo com o site do governo de Shizuoka, outra duas pessoas foram confirmadas com Covid-19 nessa terça-feira.

Um idoso na cidade de Yizu e um residente de 20 anos na cidade de Kikugawa.

O idoso na cidade de Yaizu voltou do exterior no último dia 6 de novembro, e nenhuma infecção foi confirmada pela inspeção no aeroporto.

No entanto, no dia 10 ele teve febre durante sua estadia em um hotel fora da província. Ele procurou um ambulatório e foi diagnosticado com a doença.

Já em Kikugawa, o paciente na casa dos 20 anos e familiares jantaram com diversas pessoas fora da província no início de novembro e, desde 7 de novembro, quando um deles apresentou febre e confirmação da doença, todos os familiares foram submetidos a testes de PCR.

A prefeitura aguarda os laudos, e adianta que além do paciente outros membros também apresentaram distúrbios de paladar.

Nenhum outro detalhe foi fornecido pelo governo da província sobre os pacientes, a pedido dos mesmos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × cinco =