Especialistas em saúde do Japão disseram que o governo deveria pausar sua campanha patrocínio de viagens domésticas em meio a um aumento recorde de casos de Covid-19 diário, e próximo ao feriado de fim de ano.

O painel de especialistas recomendou a exclusão de regiões da campanha governamental ‘Go To Travel’ se as condições piorarem.

O painel também solicitou que os governos locais peçam aos restaurantes e bares que reduzam o horário comercial em cerca de três semanais para diminuir o pico nos casos.

“Medidas mais fortes serão tomadas em um curto período de tempo e em áreas de alto risco para evitar o tipo de situação que exigiria a declaração de estado de emergência”, disse o ministro da Economia, Yasutoshi Nishimura, a repórteres nesta sexta-feira (20).

Novos casos atingiram níveis recordes no Japão nesta semana, levando as autoridades municipais de Tóquio a elevar o alerta de epidemia da cidade ao nível mais alto.

O governo declarou estado de emergência em abril, quando as hospitalizações por causa do Covid-19 levaram o sistema médico à beira do colapso.

O primeiro-ministro tem resistido aos apelos recentes para reduzir o impulso das viagens domésticas, com o objetivo de reviver as economias locais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

15 + dois =