Os líderes do Grupo das 20 maiores economias se comprometeram nesta segunda-feira (23) a fazerem o máximo para garantir que todas as nações tenham acesso justo às vacinas contra o coronavírus.

Os líderes disseram que “estão unidos em nossa convicção de que a ação global coordenada, a solidariedade e a cooperação multilateral são mais necessárias hoje do que nunca para superar os desafios atuais”.

“Ressaltamos a necessidade urgente de controlar a propagação do vírus, o que é fundamental para apoiar a recuperação econômica global. Estamos determinados a continuar a usar todas as ferramentas políticas disponíveis enquanto for necessário para salvaguardar a vida, o emprego e a renda das pessoas.” disseram os líderes.

Durante a cúpula, o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga enfatizou a importância de garantir o acesso universal por meio do fornecimento de medicamentos e vacinas para a Covid-19, por meio de um sistema de gerenciamento de patentes globais, segundo um alto funcionário.

Uma estrutura internacional para gerenciar patentes “contribuiria para um grande suprimento de medicamentos a um custo acessível para todos os países e o apoio do G-20 é vital”, disse Suga durante a reunião online entre os líderes.

A segunda cúpula virtual do G-20 sob a presidência da Arábia Saudita, após a primeira em março, ocorreu porque muitos países na Europa e em outros lugares têm visto picos de casos de vírus à medida que o inverno se aproxima, aumentando os riscos negativos para a recuperação do crescimento e a incerteza nos próximos meses.

Fonte/Foto | Kyodo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × quatro =