Olá! Um pouco atrasado mas… Feliz Ano Novo!
Ou… Akemashite Omedetou Gozaimasu!

Casal 225x300 - O Ryokan e a alta gastronomia japonesa - Parte 1 - Kaiseki Ryouri
Akemashite Omedetou!

No Japão, o Oshougatsu (ano novo) é um dos períodos mais (se não o mais) importante do ano. Muitos estabelecimentos e empresas param por uma semana ou mais para as festividades e comemorações.

Particularmente, 2020 não foi um ano daqueles animadores para tais comemorações e viajar então… não criamos grandes expectativas.

Resumindo toda a saga da busca do que fazer nesses dias de folga, fomos para Takayama, uma pequena cidade em Gifu-ken, perto da fronteira com Toyama-ken.

Fica numa região montanhosa, conhecida como região de Hida ou Alpes Japoneses. Faz um frio!!! Mas foi uma grata surpresa!

Ainda estamos sob restrições devido à Covid. Tomamos muito cuidado ao escolher um hotel e um lugar. O Ryokan Asunaro apareceu assim… numa pesquisa aleatória no site de hospedagem Booking.

Confirmado que o ryokan atendia a todos os requisitos de higiene e prevenção exigidos pelas autoridades locais, reservei duas noites. Mais tarde, fui pesquisar sobre o Ryokan, a cidade de Takayama e outras coisas que envolvem uma pequena viagem.

Ryokan é um termo utilizado para hotéis/pousadas estilo japonês. Geralmente são pequenos estabelecimentos, com decoração toda no estilo japonês, com muita madeira e tatame. Tem onsen (termas) compartilhados com os hóspedes.

Alguns mais sofisticados oferecem onsen privativo (só para o casal ou família) e a vestimenta tradicional que você pode usar e abusar enquanto estiver hospedado: o yukata. Um kimono mais leve e simples. No quarto, não tem cama como estamos acostumados. Dorme-se no futon e no chão. 

Descobri que no Ryokan Asunaro é servido um Kaiseki Ryouri no jantar. O Kaiseki Ryouri – é uma refeição “multi course” (vários pratos servidos numa sequência) típico japonês, muito interessante. Sua origem é secular e surgiu como “comida dos monges”. Mais tarde juntou-se às cerimônias de chá, como uma simples refeição de acompanhamento.

Com o passar do tempo foi evoluindo e ficando cada vez mais elaborado na antiga aristocracia japonesa onde era realizada tal cerimônia. Hoje tem status de alta gastronomia japonesa.

Um kaiseki tradicional é composto de:

– Entrada: um aperitivo que é uma bebida alcóolica, geralmente um vinho doce ou alguma bebida regional e mais uns petiscos.

– Prato principal: nessa fase o Chef mostra toda a sua habilidade no domínio das técnicas culinárias japonesas. São servidos: sopa, sashimi, cozidos, grelhados, frituras, cozidos no vapor (steamed) e sunomono (conservas em vinagre). Aqui ele pode criar, enaltecer ingredientes ou pratos típicos da região, dando seu “toque de Chef”.

– Shokuji – trio de arroz, missoshiro e tsukemono (pickles) servidos geralmente depois do prato principal, antes da sobremesa.

– Sobremesa: um doce leve (típico da região) ou frutas da estação.

Hoje, existem restaurantes especializados neste tipo de cozinha e os ryokans costumam oferecer essa experiência aos seus hóspedes. Seu custo é elevado devido aos ingredientes de qualidade, frescor e preparo. 

kaseki 1 300x300 - O Ryokan e a alta gastronomia japonesa - Parte 1 - Kaiseki Ryouri

kaseki 2 300x300 - O Ryokan e a alta gastronomia japonesa - Parte 1 - Kaiseki Ryouri

kaseki 3 1 225x300 - O Ryokan e a alta gastronomia japonesa - Parte 1 - Kaiseki Ryouri

 

Dessert 300x300 - O Ryokan e a alta gastronomia japonesa - Parte 1 - Kaiseki Ryouri

O Kaiseki do Ryokan Asunaro tinha o Hida Beef (famoso assim como o Kobe Beef) como sua estrela principal. Sua característica é como a gordura permeia a carne criando um efeito marmorizado. Ela foi apresentada crua na mesa e cozida com cogumelos diante de nós sobre um rechaud parecido com esses que vemos para fondue.

The Hida Beef before 1 225x300 - O Ryokan e a alta gastronomia japonesa - Parte 1 - Kaiseki Ryouri
Hida Beef depois de cozido,


Foram 15 pequenos pratos no total. Uma verdadeira viagem de sabores e texturas.

Foi necessário fazer a reserva do Kaiseki Ryouri. Cada estabelecimento tem seu prazo e o Ryokan Asunaro pediu 3 dias de antecedência. Tive de ligar antes mesmo de viajar pois eu queria logo na primeira noite. O custo por pessoa foi de ¥ 4.400 (cerca de 42 dólares) para hóspedes. Mas vale a pena! Não é sempre que temos uma oportunidade de vivenciar uma cultura tão rica e apreciar/conhecer sabores e ingredientes diferentes.

The menu 300x300 - O Ryokan e a alta gastronomia japonesa - Parte 1 - Kaiseki Ryouri
O menu. Nem sempre é o mesmo.

No próximo post eu vou mostrar o café da manhã do Ryokan. Pensam que acabou esse festival gastronômico?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui