O Japão vai apertar os controles de fronteira para viajantes da Espanha, Finlândia e da província canadense de Ontário, em resposta à disseminação de novas variantes do coronavírus detectados nessas localidades.

Sob a nova medida, as pessoas que chegam das três áreas serão obrigadas a quarentena em uma instalação designada e refazer um teste Covid-19 após três dias, informou a agência de notícias Kyodo.

Se os resultados forem negativos, eles serão solicitados a deixarem as instalações sem usar transporte público e ficarem em quarentena em casa ou em outros locais por 14 dias.

Até agora, as autoridades japonesas exigiam que essas pessoas ficassem em casa ou em outro lugar por duas semanas após entrarem no país.

No momento, o Japão proíbe todas as entradas de estrangeiros não residentes, exceto aqueles que receberam aprovação em “circunstâncias excepcionais especiais”.

As últimas adições se juntam aos 26 países que foram sujeitos a medidas de quarentena mais rígidas.

Os 26 são Áustria, Bélgica, Brasil, Grã-Bretanha, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, França, Alemanha, Hungria, Irlanda, Israel, Itália, Líbano, Luxemburgo, Holanda, Nigéria, Paquistão, Polônia, Filipinas, Eslováquia, Sul África, Suécia, Suíça, Ucrânia e Emirados Árabes Unidos.

Foto | AP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui