O produto interno bruto (PIB) do Japão deverá ter uma contração de 5,1% anualizado em janeiro-março, a primeira queda em três trimestres, mostrou uma estimativa média de 12 analistas financeiros.

Em bases não anualizadas, a projeção média era de queda de 1,3%. Durante o último trimestre do ano fiscal de 2020, o consumo pessoal enfraqueceu depois que o governo declarou um segundo estado de emergência por coronavírus em janeiro, cobrindo Tóquio e algumas outras prefeituras.

O gabinete oficial divulgará dados preliminares do PIB de janeiro a março em 18 de maio, informou a agência Jiji Press.

A economia japonesa deve continuar caindo em abril-junho, depois que o governo declarou um terceiro estado de emergência, a partir de 25 de abril.

Nas áreas sob emergência, incluindo Tóquio e Osaka, grandes instalações comerciais estão sujeitas a solicitações de suspensão de negócios.

Diante disso, o crescimento negativo do PIB deve continuar no primeiro trimestre fiscal de 2021. A projeção média para o consumo pessoal de janeiro a março aponta queda de 2,1%.

“Os gastos com serviços pessoais, como restaurantes e hotéis, caíram drasticamente”, em parte devido à suspensão dos programas governamentais de estímulo ao consumo Go To Travel, disse um economista do NLI Research Institute.

np file 85147 - Economistas prevêem queda anual de 5,1% no PIB do Japão de janeiro a março
As pessoas caminham na rua comercial perto do templo de Sensoji durante os feriados da Golden Week do Japão em Tóquio no domingo. | AFP-JIJI

EXPORTAÇÕES

As exportações devem ter crescido 1,3%, muito mais fraco do que o aumento de 11,1% do trimestre anterior. A desaceleração aparentemente refletiu uma pausa na recuperação da demanda dos EUA por automóveis e alguns outros produtos.

Acredita-se que os gastos de capital corporativo aumentaram 0,6%, apoiados por uma retomada contínua do apetite de investimento, principalmente no setor de manufatura.

O BNP Paribas (Securities) Japan Ltd. espera que a economia contraia 1,5% anualizado em abril-junho se o terceiro estado de emergência for estendido até o final de maio a partir do vencimento atualmente planejado, 11 de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui